Como a alimentação pode ajudar no combate a Depressão!

Atualizado: 12 de abr.

Existe receita para a felicidade? Em tese não, pois ser feliz é uma questão individual - cada um tem a sua maneira -, no entanto, é sabido que algumas coisas simples representam grandes fontes de bem-estar, e certos alimentos possuem nutrientes diretamente ligados ao prazer, até mesmo a libido. Nas últimas décadas, a questão da depressão vem sendo tratada de forma mais séria e aprofundada. Diversos estudos científicos são feitos periodicamente para verificar a relação dos nutrientes de alimentos com as emoções e sua eficácia em quadros da doença, que atinge cerca 20% da população mundial. Apesar de ainda não serem conclusivos, os resultados se mostram cada vez mais animadores.

"Vários nutrientes são necessários para que o cérebro produza neurotransmissores – substâncias responsáveis pela comunicação entre as células nervosas e por sensações de bem-estar, prazer, apetite e libido. Certos nutrientes, como ômega 3, zinco e ferro, por exemplo, exercem efeito benéfico sobre as substâncias químicas cerebrais relacionadas especificamente ao humor", disse a nutróloga Maria Del Rosário, da Abran (Associação Brasileira de Nutrologia).

Uma das pesquisas recentes mais importantes, realizada pelo departamento de psiquiatria da Faculdade de Medicina da Universidade de Chang Gung, em Taiwan, levantou evidências de que os ácidos graxos ômega 3, encontrado nos peixes, poderiam ter efeito positivo no tratamento de pacientes deprimidos. Esse tipo de gordura ativa os receptores cerebrais, facilitando a fabricação da serotonina, um dos mais importantes neurotransmissores relacionados ao bom humor e à saciedade.

Fonte de prazer: Apesar do ômega 3 ser um dos nutrientes mais potentes na hora de levantar o astral, várias outras substâncias desempenham papel importante nesse processo. Uma delas é o aminoácido triptofano (presente em alimentos proteicos), que aumenta a produção da serotonina no cérebro. Seu aliado nessa tarefa são os carboidratos.

vegetais frescos, fita métrica, anotações e um estestoscópio

12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo